Noroeste

PAULISTA SÉRIE A3 2014:
NOROESTE 1 X 0 GRÊMIO NOVORIZONTINO
ALELUIA!

Alívio! Este é o resumo de sentimentos dos jogadores, da comissão técnica, da diretoria e do torcedor noroestino após o apito final da árbitra Regidenia de Holanda Moura, no Alfredão. O Noroeste derrotou o Grêmio Novorizontino por 1 a 0, gol do estreante Moisés, aos 27 minutos do primeiro tempo, conquistando a sua primeira vitória na Série A3 de 2014.

Aliás, fazia muito tempo que o torcedor noroestino não saboreava um triunfo. O último deles havia acontecido em 7 de setembro de 2013: 1 a 0 sobre a Francana, pela Copa Paulista. Em jogos do Campeonato Paulista, o jejum era ainda maior. A última vitória havia ocorrido em 20 de fevereiro de 2013, também 1 a 0 sobre o Atlético Monte Azul.

Além da estrela do técnico estreante Vítor Hugo, brilhou a estrela do atacante Moisés, autor do gol da vitória. O atleta, que viajou horas de Goiás até Bauru na última segunda-feira, se apresentou na terça, realizou um treinamento, teve a documentação liberada pouco antes da partida. Outro destaque individual foi o goleiro Wellington Aranha. Exceção a uma saída equivocada no primeiro tempo, o “Spider” mostrou tranquilidade e evitou ao longo dos 90 minutos, o empate do time de Novo Horizonte.

Ainda na lanterna da Série A3, o Noroeste terá uma autêntica decisão no próximo domingo (16). A equipe bauruense vai até Santa Cruz do Rio Pardo, enfrentar a Esportiva Santacruzense, que também ocupa a zona de rebaixamento, com 9 pontos ganhos. O Jornada Esportiva, em parceria com a 87 FM, transmite as emoções de mais um jogo que promete ares de dramaticidade.

JOGO

A partida começou com alguns minutos de atraso, em virtude da falta de ambulância no estádio. Isso também ocasionou a demora na abertura dos portões para o torcedor, que só pode entrar ao Alfredão no instante em que a árbitra deu início a partida. Apesar do contra tempo, o público acompanhou um jogo franco, aberto na primeira etapa. O Novorizontino apresentava mais qualidade técnica e o Noroeste compensava com uma vontade incomum. Indiscutivelmente, o norusca também mostrava uma qualidade técnica superior a dos jogos anteriores, dando trabalho ao time adversário.

A primeira grande chance do Novorizontino saiu em uma cobrança de escanteio. Levantamento na segunda trave, o goleiro Wellington Aranha não achou, cometendo a sua grande falha no jogo. Entretanto, Guilherme Queiróz, com o gol aberto, acabou desviando pela linha de fundo. Também numa cobrança de escanteio, o Noroeste abriu o marcador. Após o levantamento do corner, a bola sobrou na entrada da grande área para o estreante Moisés. Ele limpou o lance e chutou com rara felicidade no canto de Yuri, que nada pode fazer: Noroeste 1 a 0.

Poucos minutos depois, o Noroeste teve uma ótima oportunidade para ampliar o marcador. Adelino foi lançado e ficou cara a cara com Yuri. Méritos para o goleiro do Novorizontino, que a queima roupa, salvou sua equipe. Daí para frente, total domínio da equipe auri negra. Ainda no primeiro tempo, Wellington Aranha foi exigido em pelo menos três oportunidades.

Na segunda etapa, o Novorizontino voltou mais ofensivo ainda e o Noroeste sentiu as contusões e o desgaste físico. A partida ganhou ares de dramaticidade. Em alguns momentos, o Noroeste tinha dificuldades na saída de bola e o time de Novo Horizonte continuava a pressão. A exemplo do primeiro tempo, Wellington Aranha teve uma brilhante atuação, garantindo a primeira vitória noroestina na competição, para delírio e alívio aos noroestinos que compareceram e sofreram no Alfredão.

FICHA TÉCNICA

NOROESTE: Wellington Aranha; Bira (Fernando), Zé Ilton, Henrique e Branco; Luiz Azevedo, Marcelo, Alan (Gustavo) (Lelê) e Lauro; Moisés e Adelino
Técnico: Vítor Hugo

GRÊMIO NOVORIZONTINO: Yuri; Carlinhos, Guilherme, Da Silva e Assolan; Deda, Fágner (Zé Augusto), Michel e Romarinho (Tiago Santos); Anderson Cavalo (Joãozinho) e Guilherme Queiróz
Técnico: Guilherme Alves

Gols: Moisés (27'/1T)

Cartões Amarelos: Zé Ílton, Wellington Aranha, Lauro, Fernando (Noroeste); Guilherme (Grêmio Novorizontino)

Arbitragem: Regidenia de Holanda Moura, auxiliada por Marcelo Zamian de Barros e Luiz Paulo Fonte Domenich

Local: Estádio Alfredo de Castilho (Alfredão), Bauru/SP
Data: 12/03/14 - 19h30
Renda: R$ 4.750,00
Público: 419 pagantes


Mais Noroeste
Página Inicial